domingo, 17 de fevereiro de 2013

Crônica - Sem noção


É enquanto conversamos com os amigos que se percebe as coisas sem noção que se faz na adolescência. Foi o que aconteceu quarta passada. Ao reunir um grupo de amigos para jogar boliche, Mayara relembrou alguns fatos do passado. E riu muito.

Quando adolescente, Mayara não pensava nas consequências. Um dia, conversando com aquela que viria a se tornar sua grande amiga ao longos dos anos, achou um brinco perdido, sem par, no corredor da escola pública onde estudava. Sem pensar, olhou para a miga e disse: fura minha orelha? Sorrindo, a menina disse: Furo sim, mas precisamos esterilizar esse brinco!

Mayara não contou dois tempos. Foi até sua bolsa e puxou uma colônia, daquelas que se compra em farmácia, para "lavar" a bijuteria recém adquirida. Feliz, a amiga "esterilizou" a joia derramando um pouco de colônia nela e, com uma certa pressão, furou a orelha de Mayara.

Feliz e sorridente, a menina voltou a sala de aula, com a orelha vermelha e latejante e disse a irmã: olha, minha amiga que furou! Assustada, a irmã olhou e pensou no que sua mãe falaria daquilo.

Ao lembrar desse fato, Mayara disse a única coisa que veio a sua mente. Eu era adolescente, não pensava nas consequências. Graças a Deus não peguei nenhuma doença. Hoje se alguém chegar pra mim e disser que fez o mesmo, com toda certeza irei chamar a criatura sem noção de louca!

OBSO texto foi escrito por mim e é proibido seu uso ou cópia integral, ou de fragmentos, sem a autorização da autora. O mesmo vale para todo e qualquer conteúdo deste blog que seja de minha autoria. Sua cópia ou uso sem autorização é qualificado como plágio, sendo configurado como crime previsto no Código Penal. O infrator está sujeito as punições previstas no Art. 184 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40

Kamila Mendes

6 comentários:

Ives disse...

Momentos eternos voltam do inicio a doarem novos passos em busca do sorriso e da alegria! abraços

MARIA MACHADO disse...

Olá querida,parabéns! Você é muito criativa, e escreve com ternura cada palavra. Eu estava com saudades viu?

Um abraço
Maria Machado

Barbara Sá disse...

Somos sem noção, mas somos tãaao felizes nessa fase :)

Beijos,
http://www.segredosentreamigas.com/

Mary disse...

Parabens pelo post,amiga.Venho convidá-la a participar do Concurso Talentos Literários,agradecida ficarei com a sua participação.beijos atenciosos Mary

Sinval Santos da Silveira disse...

Bom dia!
Simplesmente maravilhoso.
Parabens
Sinvalç

Mary disse...

Obrigada amiga pela sua participação,basta trazer o selo e breve estarei postando .beijos