sexta-feira, 14 de março de 2014

Alguém para admirar

Se vestiu como poucas vezes fez antes. Pensou em passar um batom, mas um batom estragaria tudo. Um gloss resolveu o problema. Não havia nada de extravagante, exceto o fato de que estava se achando linda. Pronta para ser admirada. Mas não havia quem admirasse.

Calçou o par de saltos mais confortáveis e colocou a melhor roupa que uma mulher pode usar: auto-confiança e amor próprio. Andou calmamente. Desfilou pelas lojas do shopping, encontrou com um amigo. Foram ao cinema. Mas faltava algo. Alguém para admirar.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Hiatus criativo oO

Horas e horas na frente de uma folha de word e nenhuma frase parece fazer sentido...Ô dom indomável esse que tenho, elevem e vai quando bem entende! No momento, está escondido em algum lugar e se recusa a aparecer e fluir pelos dedos e teclado, olhos e emoções!

domingo, 9 de fevereiro de 2014

[Resenha] Marley & Eu - John Grogan

É impressionante o reboliço que a adoção de um animal de estimação causa na vida das pessoas. Decidi escrever essa resenha, porque hoje ganhei um gatinho de minha mãe (já tinha um que está muito enciumado e desconfiado com o novo filhote...rsrrsrs) e adotar um animal é realmente um ato de amor.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Onde se perdeu?

A vista de sua janela era linda, mas aquela beleza não chegava ao seu coração. Tinha sérias escolhas a fazer. Na verdade, já as havia feito, mas não sabia como colocar em prática. Para pessoas comuns é tudo tão simples. É só apertar um botão delete e recomeçar, ou continuar. Para ela era muito mais que aquilo....era enfrentar a culpa e a acusação que moravam dentro de si mesma e dentro dos outros.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Bela – Uma princesa diferente (Parte III)


Depois de pesquisar artigos, matérias e até Teses de Mestrado e Doutorado (sim! É possível escrever uma tese de Mestrado ou Doutorado sobre conto de fadas, contanto que sua enfase seja relevante para o meio acadêmico e para a sociedade), cheguei a minha humilde conclusão :3

Diferente de algumas princesas, Bela não fugiu para a floresta e se escondeu buscando viver um vida diferente. Tão pouco decidiu lutar apenas quando um príncipe apareceu na sua frente para encorajá-la, ou se entregou a uma armadilha por amor a um homem. Bela se sacrificou pela família.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Bela - uma princesa diferente (Parte II)

A história que deu origem ao conto

Assim como os demais “contos de fadas”, A Bela e a Fera é um conto antigo, cujas origens podem datar do início da era cristã, ou mais antiga ainda, pode ter surgido na Grécia Antiga. Diferente dos demais contos, como Chapeuzinho vermelho e Bela Adormecida, o tema central de A Bela e a Fera é basicamente o mesmo, apesar das alterações sofridas ao longo do tempo.