domingo, 23 de setembro de 2012

Brotos de esperança

“Foi difícil dizer adeus, mas eu tive que fazer. Nada do que disse realmente quis dizer. Queria ter feito o contrário. Ter agido de uma forma diferente. Mas sei que seria errado. Posso ter perdido um amigo tão precioso...” 

Sentada no meio do campo de flores, as cores não pareciam tão gentis como deveriam ser. O cheiro era suave e belo e agredia seu coraçao triste. Dentro de si, uma guerra entre a beleza e a dor se travava. 

O vento já havia passado de uma brisa para sopros fortes que enrolavam seu cabelo. Levantou e passeou, deixando os braços ao lado do corpo e os dedos fazendo movimentos minimos para tocar a superficie sedosa das pétalas. Caminhava, agora, sem rumo, respirando aquele aroma suave e deixando-se inebriar pela leveza e suavidade do momento. 

Sabia, dentro de si, que o momento do adeus não tardaria, mas não imaginara que seria tão dificil. Deixou a dor verter e respirou a verdade: caminhar sozinha, não mais em passos de menina, mas de mulher, porque garotas grandes não choram 

Sentia-se culpada por ter sido fraca, por deixar sua fraqueza machucar quem amava. Limpou o rosto e deixou os pensamentos fugirem ligeiros. Com nada vagando em sua mente, se permitiu mergulhar no mar de flores e ali ficou até que sua alma floresceu novamente, com brotos de esperança se abrindo em seu coração!

OBS: O texto foi escrito por mim e é proibido seu uso ou cópia integral, ou de fragmentos, sem a autorização da autora. O mesmo vale para todo e qualquer conteúdo deste blog que seja de minha autoria. Sua cópia ou uso sem autorização é qualificado como plágio, sendo configurado como crime previsto no Código Penal. O infrator está sujeito as punições previstas no Art. 184 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40

Kamila Mendes

6 comentários:

Gabriel Araújo disse...

Dizer adeus é difícil,mas o ontem já era e nós temos que continuar fortes aprendendo a conviver com a solidão.

vendedor de ilusão disse...

Olá cara amiga, bom dia!
É com prazer e muita satisfação que venho lhe comunicar de que sua apresentação no Prosas Poéticas foi ao ar. Lá vai o link:

http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/2012/09/prosas-poeticas-no-5-dia-apresenta_25.html

Espero que lhe seja do agrado.
Beijos e até mais!

prazerdeescrever disse...

Kamila,o adeus,é muito dificíl;pois sempre deixa saudades infinitamente maiores que ele!

Adorei seu blog.

Se quiser fazer-me uma visita,não há necessidade de pedir licença!
A minha participação em prosas poéticas,será no dia 3 de outubro!

bjs.
Carmen Lúcia

Léia Naveca disse...

tem momentos na vida que vc traduz em palavras o que nem mesmo eu entendo, eh por isso que a gente se entende ^_^
Lindo mana.

Evy Turner disse...

'My oh my
A song to say goodbye' ♫

Sensibilidade a navegar com poesias disse...

Belo Blog...parabéns...te convido a participar do meu Blog de poesias...